sábado, 16 de abril de 2011

O vinho



- Moço, me dá um vinho pra mulher?
O rapaz da elegante casa de vinhos sorriu.
- Com certeza você vai gostar deste. Depois me conte.
Ela saiu esfuziante. Sua vingança estava pronta! Se a vida era amarga, ela se embriagaria no doce paladar de um vinho suave. Há tanto tempo que não passava dos limites...

7 comentários:

  1. existem vinganças que se tornam em ajudas suavizantes da vida
    bjs

    ResponderExcluir
  2. Sensacional por sem tão simples!

    ResponderExcluir
  3. adoooro te ler.

    vc é talentosa. tem algo diferente q instiga.



    beijo minha Amiga.

    fica com Deus.

    ResponderExcluir
  4. TEMOS ALGUÉM MUITO QUERIDA EM COMUM. POR ISSO DEIXO O MEU CONVITE PARA TI. VENHA CONFERIR AQUI NESTE CANTINHO.
    http://sandraandradeendy.blogspot.com/

    AS AMIZADES SÃO COISAS MUITO ESPECIAIS QUE CULTIVAMOS. SÃO PÉROLAS EM CONCHA..
    CARINHOSAMENTE DEIXO O MEU ABRAÇO
    SANDRA

    ResponderExcluir
  5. Ah, nada melhor que vinganças doces, se bem que prefiro as secas.

    bjs

    ResponderExcluir
  6. Bom dia,Valeria!!

    Lindo este seu cantinho também!
    Belo texto, mas pra mim, sem vinganças...
    Beijos, ótimo domingo pra ti!

    ResponderExcluir
  7. ja tive momentos assim, garrafas de county wine me fizeram dormir melhor…
    hoje me sofistiquei, vai um merlot, carmenere,cabernet,…rs

    ResponderExcluir